Notícia: Detectados novos sinais do Boeing 777 da Malaysia Airlines

Um barco que participa na busca pelo avião desaparecido da Malaysia Airlines detetou dois novos sinais submersos que podem estar relacionados com as caixas-ns da aeronave desaparecida. O anúncio foi feito por um funcionário australiano encarregado da operação que expressou ainda esperança de que em breve sejam encontrados os destroços do avião que fazia o voo MH370.

 

Foto:Nick Perry/Pool/Reuters

Foto:Nick Perry/Pool/Reuters

Angu Houston, que dirige a agência que coordena a busca do avião da Malaysia Airlines no sul do Oceano Índico, anunciou que um barco australiano terá detetado dois novos sinais submersos que serão muito parecidos com os emitidos pelas caixas-negras dos aviões.

“Estou otimista de que vamos encontrar a aeronave, ou o que resta dela, num futuro não muito distante, mas estamos certos que essa é uma tarefa que envolve muitos desafios futuros”, referiu Houston numa conferência de imprensa na cidade de Perth.

Foi o navio Ocean Shield o primeiro a detetar sons no passado sábado, agora o navio equipado com localizadores de som concebidos para detectar sinais das caixas-negras do avião recebeu novos sinais que se concluiu serem dois sons diferentes, que são transmitidos de forma consistente, indicando que podem vir de uma caixa-negra.

Apesar das evidências encorajadoras, Angu Houston advertiu que não se pode dizer que as equipes de busca já localizaram o local onde o avião caiu.

“Acho que estamos a procurar na área certa, mas não estou em condições de confirmar que alguém já conseguiu detetar os restos do avião”, referiu.

Encontrar as caixas-negras torna-se determinante nesta altura já que as baterias balizas têm uma vida útil de um mês, que se completa esta terça-feira, sendo que depois de desligadas as baterias será extremamente difícil, se não impossível, localizar as caixas-negras em águas tão profundas (4.500 metros).

O desaparecimento do avião da Malaysia Airlines, que viajava de Kuala Lumpur, na Malásia, para Pequim com 239 pessoas a bordo tornou-se um dos maiores mistérios da aviação.

Fonte: Rtp Notícias(www.rtp.pt)

Publicado em abril 9, 2014, em Notícias e marcado como , , , , , , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: